segunda-feira, julho 02, 2007

"Gosto de ti como quem vence o espaço"

As manhãs são nossas. As manhãs contrariam o resto do nosso dia. Aquela primeira hora em que tu acordas e me chamas, o primeiro segundo em que me lembro que sou tua mãe, que te descubro na cama e te dou o primeiro abraço do dia. Segundos depois recebo o teu primeiro sorriso e o teu primeiro beijinho. Um sorriso com dentes e um beijinho sem chucha.

Ganho para o dia uma energia especial, que consumo nas alturas em que preciso de uma dose de carinho (são muitas). Uso essa energia nos segundos em que por algum motivo me apetece explodir... fecho os olhos e imagino-te.

Estás tão linda filha! Estás mesmo. Sinto-me próxima de ti, próxima como nenhum outro dia. Enches-me de certezas.

1 comentário:

Liliana disse...

Deve ser tão bom esse sentimento...

Beijos