sexta-feira, julho 13, 2007

Mais um problema de se ter dois trabalhos...

... dou por mim a pensar muito bem em como é que vou atender o telefone. E ando tão cansada que o telefone toca e eu tento ser rápida.

Onde é que eu estou?
A fazer o quê?
Qual é o telefone que toca?


(Tenho uma amiga que ainda há poucos dias me disse que o meu corpo andava a dar sinais para eu parar. PARAR UM POUCO. Começo a achar que tens razão, mesmo assim sei que ainda não cheguei bem ao meu limite. E a culpa também é vossa, é só festas e festas e festas e mais festas. É que não há condições!)

4 comentários:

Lúcia disse...

Na nossa conversa de ontem tu mesma me disseste que perdem a noção de que estão a dar mostras do cansaço extremo e só qd admitem o cansaço é porque bateram no limite.
Eu continuo a achar que estás muito próximo do abismo e que deves se não parar, abrandar. Não te deixes cheagar ao limite.
E qto às festas, por vezes até ajudam.
Bjnhs

Liliana disse...

Desculpa!

Beijos

maria disse...

Por vezes só paramos mesmo quando estamos no limite.. Mas vê-la se fr preciso mais vale acalmares pouco tempo, enquanto consegues, do que depois seres obrigada a fazÊ-lo.

bjnho

Cláudia disse...

às vezes a pessoa tem de parar um bocadinho e repensar a sua vida. Mas ainda bem que está tudo a correr bem na tua vida profissional.

bjs