terça-feira, julho 17, 2007

Curtas

Eu a estacionar à porta de casa e ela de dedo esticado:

Mamã, casa não... não, não, quéio pixina!

2 comentários:

Cláudia disse...

lol

Liliana disse...

Sua espertalhona!