quarta-feira, agosto 02, 2006

Melgas

Se por um lado o que sempre desejei foi viver num sítio calmo e cheio de árvores, por outro lado nunca me tinha ocorrido que fora da cidade existe um elevado número de bichinhos que eu até desconhecia que existiam.

Há três anos que me tento adaptar a conviver (matar) com aranhas, melgas, mosquitos, libelinhas e lagartixas e gafanhotos e melros e joaninhas e o raio que os parta.

É que eu simplesmente tenho pavor desses bicharocos todos. Não quero matá-los, quero simplesmente que não pensem em entrar em minha casa.

Confesso que já passei situações completamente humilhantes. De não entrar em casa. De pedir a uma vizinha que me tire um gafanhoto de casa. De estar em cima de cadeiras à espera que alguém me salve e de deixar o comer ao lume e fechar a porta da cozinha porque está lá um ser não identificado.
Ao pé de um ser desses eu TRANSFORMO-ME!

É que quando pensamos que já os conhecemos a todos, lá aparece uma nova espécie... diferente e mutante, pronta a me deixar com os cabelos em pé.

DEIXEM-ME POR FAVOR!

A minha filhota já foi atacada algumas noites por uma melga que se esconde e não a consigo matar. Acho até que a minha casa já é a casa dela. Ela existe, mas deve ser da espécie mutante transparente.

A Bi faz reacção às picadas das melgas e a nossa safa tem sido o CALADRIL. Recomendado por uma especialista em picadas de melgas. EU!

Hoje acordei à 1 e meia com um zumbido no meu ouvido. Reparei que o Pedro tinha adormecido no sofá e fui lá chamá-lo. Tentei encontrar a melga e nada. Fui ver a Bi tapei-a com o lençol e deixei o meu marido a dormir sozinho no quarto, fui dormir para o quarto de hóspedes.

Pois a melga foi comigo. Deixou o meu quarto e veio também para o quarto de hóspedes.

Hoje estou a fazer um enorme esforço para escrever aqui. É que da raiva que lhe tenho, ela reparou e deu-me um soco (picada) no olho.

Hoje já disse duas vezes que não sofro de violência doméstica... mas olhem que parece!

Adenda: Alguém conhece algum bom repelente? Que não faça mal a crianças?

15 comentários:

Rute disse...

Hahahahahahahaha

Desculpa Ana, mas o teu post está fantástico... consegui imaginar-te em todas as situações que descreveste! :)

Beijocas,
Rute e André

rita disse...

Obrigada por este momento hilariante! A minha colega da frente deve achar que sou maluquinha por me estar a riri sozinha, mas não faz mal!
Tb conheço bem o Caladril... porque será?
Beijinhos

(é a 2ªvez que comento... ai que raiva!)

Mamã P. disse...

LOL!! LOL!!!

Parece-me que tens um Melgo em casa que está apaixonado por ti. O teu marido que se acautele.

Eu costumo dizer que são as desvantagens de se viver no campo!!

Daisy disse...

Eu sofro do mesmo problema! No início da Primavera foi dramático mas agora a Cãmara deve ter posto algum produto nalgum sítio porque há menos insectos. No auge do meu desespero pedi um orçamento para redes mosquiteiras. São tipo portas que deslizam, e podes tirar quando quiseres! E nada como uma barreira física contra esses monstros! LOL! E nem ficavam muito caras...
Muitos beijinhos!
Paula Sofia

(Queria falar contigo sobre as técnicas que usaste para ensinar a tua filha a dormir, mas nãos ei como... tens o meu mail?)

Karla disse...

Oi! A Chicco tem um repelente de insectos, não sei se é bom ou não porque ainda não tive necessidade de usar... também têm um stick calmante para as picadas que pode ser útil. É da Chicco, logo em princípio não fará mal.

(e uma rede mosquiteira para a cama da menina, não?)

Beijinhos e boa sorte!

Lúcia disse...

Aconselho a medida das redes na janela primeiro que tudo e depois o spray Bio Kill que não faz qualquer mal às crianças e animais ( e adultos pois claro ) e que recomendam colocar nos cortinados e nos estores por dentro criando uma barreira à entrada dos ditos bicharocos durante 3 semanas. Experimentei no Algarve e depois da minha filhota estar cheia de mordidas de insectos com babas enormes não voltamos a ter novos episodios destes.
Bjnhs


Ahhh e o post esta delirante, mesmo :)

Teresa disse...

Olá
Sim não pude deixar de me rir...muito!!! Cá em casa eu e o Filipe somos vítimas das melgas mas ele tb faz reacção alérgica que infecta etc etc
Instalámos mosquiteiros e comprei o repelente da Chicco ( sem grande fé confesso ) mas resulta!!!! Tem um cheiro intenso ( talvez seja por isso que resulta tão bem!! ) mas já estivemos várias vezes em esplanadas cheias de melgas e ele nem 1 picadita enquanto que eu fiquei com os pés e as pernas numa desgraça... Quanto ao pós picada ( e só para picadas que ficam em mau estado ) há o Fenergan, pomada milagrosa!!!
Beijinhos e boa caçada
Teresa

PAT disse...

Pre butix compra-se na farmacia e ha um especial para bebes e crianças. nao tem cheiro nao mancha e é q unica coisa q funciona (recomendado pelo medico de medecina do viajante qd fui para um pais tropical - e com malária...)

morgy disse...

um mosquiteiro à volta da cama :)

Loira disse...

LOL! Sofro da mesma fobia: detesto insectos e chego mesmo a ter medo de alguns! Tal como tu, transformo-me qd os sinto próximos e chego a não conseguir dormir.
Os meus pais têm casa na aroeira e lá tb há bstantes. Uma coisa q eles puseram no quarto deles e resulta é a rede mosquiteira. Não podes é deixar q entrem pelas portas.
Qto ao repelente, não te posso a judar... já comprei alguns para levar para os chamados países tropicais, mas esqueço-me smp de usar :s. O melhor será aconselhares-te na farmácia.
bj*

WIDYMD=#31061:FG]#; FRQSTR=19235049|19235049|19235049|19235049|19235049; KIDYMD=#203068:FG]A# disse...

tb coneço o fenergan de que fala a Teresa, mas esse em mim não funciona!
será de ter usado tanta vez?
bjs

rita disse...

esse comentário anterior com o nome esquisito é meu! ehehe

mamã Diana disse...

Cá em casa morre tudo. Vai com o chinelo, com o sapato e até com a mão, se for preciso. É escusado dizer que sou eu que mato a bicharada toda porque o marido não consegue (homens...). Tanto eu como o Francisco já fomos atacados pelas melgas. Eu bem me punha de alerta e sem me deitar até matar a melga que ouvisse, mas elas ou estavam escondidas em algum canto do quarto ou vinham das outras divisões e de manhã, lá estava mais um...

Agora usamos um difusor eléctrico da Dum-Dum (melgas e mosquitos) e nunca mais apareceu lá nenhuma. Remédio santo. Liga-se (automaticamente) às 9 da noite e está até às 11 da manhã. Dura 45 dias. Experimenta. Mas tem de ser para melgas, não pode ser de moscas...

Beijocas.

veliam disse...

O que eu já me ri com este post, ilariante.
Eu em casa uso Dum-Dum difusor electrico e resulta, mete-o no corredor e dá para o nosso quarto e o das miúdas.

Beijocas e menos porrada de melgas lol

Rita Moreira disse...

Até chorei a rir....