segunda-feira, março 26, 2007

Voa

Ela pensa que tem asas e ontem mergulhou no chão da sala vinda directamente do sofá, de cabeça.


Eu vi, o pai viu, todos vimos e o que parece na mente serem horas na realidade são fracções de segundos. Ninguém a conseguiu apanhar.

Hoje tem o olho negro.

A mim nasceu-me de certo um cabelo branco (o segundo... :-)))))

E agora tudo serve para escalar, pular. Vamos ver se hoje se lembra e não repete o malabarismo.

5 comentários:

margmamy disse...

Estamos na era das descobertas... lá em casa é igual, temos malabarista!
Pensa assim, "mais um galito" ainda faltam tantos...
Beijos

Anónimo disse...

Galo aqui, galo ali...mas eles adoram o perigo.
Cá para nós...são radicais demais!
O melhor é mesmo estares atenta porque acontece mesmo à frente dos nossos olhos! Pelo menos comigo tem sido assim.
Bjkas
Taniana e Tomás

Liana disse...

Agora eles não param :)
Quando vem a nova imagem? Estou ansiosa!

Lúcia disse...

Gosta de emoções fortes.

Ana disse...

Está com saudades da praia :)