terça-feira, dezembro 19, 2006

18 meses

Minha querida filha, não posso deixar de começar por te tentar explicar o quanto eu te amo.

Há 18 meses que mudaste a minha vida para sempre. Ensinaste-me a ser mais tolerante, mais carinhosa. E eu aprendi que ser mãe é algo que não se define por palavras. Mas, por ti eu faria mesmo TUDO.

Na semana passada pregaste-nos um susto. Um susto muito grande a mim e ao teu pai. E por instantes a minha vida desabou. Fiquei com o corpo todo gelado. Na semana passada caíste do vestidor de cabeça direitinha no chão da casa de banho. E depois de chorares e de eu ligar à pediatra, começaste a não reagir. De pescoço ao lado e corpo todo mole. Não querias abrir os olhos. E a mãe fez cócegas e a mãe cantou a tua música preferida, aquela que nunca deixas de cantar e tu nada.

Agarrei em ti, abracei-te com muita força contra o meu peito e chegámos ao hospital em tempo recorde. Entrei por ali a dentro. Só via a enfermeira, a marquesa e a minha filha sem se mexer.

Foram os minutos mais longos e difíceis de toda a minha vida. E se por segundos pensava que te podia perder ali, nunca acreditei que isso fosse acontecer.

Depois de examinada começaste por te mexer, aos poucos começaste a reagir. E sorriste... sorriste para a tua mãe. Nesse segundo as lágrimas saltaram-me dos olhos e não consegui mesmo controlar o choro compulsivo.

Fizeste uns RX e fomos ainda ao Otorrino. Seguiram 48 horas de constante vigilância.

Hoje (por mais dores de costas e crises de ciática que tenha) visto-te na minha cama, alguns dias mesmo no chão.

Aquela paciência que alguma vez me faltava para o teu choro, para te vestir, para aturar as tuas birras, voltou.

Tenho todo o tempo do mundo para ti.

Parabéns meu amor estás muito crescida!

15 comentários:

Lipa disse...

Parabéns pelos 18 meses!
Bolas...foi um suto e tanto! Até me encolhi ao ler a tua descrição, imagino o desespero, o medo que sentiste!
que bom que foi mesmo só isso, uma susto. Que já passou!
E vais ver que um dia destes ela deixa de chorar para se vestir e ainda te ajuda a vestir alguams peças ;)
beijinhos!

InÊsN disse...

nem imagino, ana...

:(

um beijinho grande, parabéns pelos 18 meses!!

morena disse...

bem ana... a alegria que senti quando vi que tinhas voltado foi inversamente proporcional ao aperto que se deu no meu peito quando li tudo isto... talvez por vos conhecer, por já ter estado convosco algumas vezes, por vos acompanhar desde antes do nascimento da Bi... não sei, mas consegui imaginar a cena toda, e consigo ver-te a chorar agarrada a ela, e isso dói, muito. E obviamente não imagino o que sentiste, porque nunca senti nada assim. O nosso maior susto tb foi uma queda dela, ainda pequena, da cama para o chão... quando lá chegue iestava deitada a chorar e custou-me muito. É um sentimento de impotência horrível, mas a minha, ao contrário da tua, nunca deixou de reagir...
Ainda bem que não passou de um susto, um grande susto!
Um beijinho do tamanho do mundo para vocês

(Eu nunca comprei essa coisa para mudar fraldas em cima da cómoda, quando era muito pequenina mudava-a em cima da mesa, agora mudo-a na cama, que ela mexe-se muito...)

Lúcia disse...

Imagino que esses minutos tenham parecido horas horrorosas.
Parabéns pelos 18 meses e as melhoras.
Bjnhs e um abraço apertado.

Gi disse...

Que grande susto...
Esses sustos levam-nos a parar para pensar e pensarmos que por mais cansados que estejamos não há nada mais importante do que eles e por isso devemos pôr o cansaço para trás das costas e tentar estarmos sempre disponíveis para eles.

Carla e Beatriz disse...

Nem quero imaginar... até me saltaram as lagrimas!

Parabens pelos 18 meses!! Parabens por seres a excelente mãe que és!

Beijinhos doces,
Carla e Beatriz

Luisa disse...

Não consigo imaginar o desespero que deves ter sentido! Mas ainda bem que foi apenas um susto!

Muitos parabéns pelos 18 meses da tua filhota e pelos teus 18 meses de mamã!

Beijinhos

PS: Quando puderes queria combinar a entrega do comboio

Taniana e Tomás disse...

Felizmente está tudo bem!
Parabéns pelos 18 mesinhos...venham muitos muitos muitos mais...
Mil beijokinhas
Taniana e Tomás

Su disse...

Ana... GELEI!!!! Que susto, que susto!!!!!! Ainda bem que não passou disso, nem quero pensar mais nisso!!

E parabéns pelos 18 meses!!!

Beijinhos!

sandra disse...

Olá,

Acho que nunca comentei o vosso blog...Vim aqui ter através do blog morango&cereja.

Ainda bem que tudo não passou de um susto, um horrivel susto! Já passou!

Este post serve de lição também para mim.

Parabéns pelos 18 mesinhos!

XanaA. disse...

Fiquei com o coração a mil ao ler o teu post. Mas, felizmente, está tudo bem com a tua menina. Temos de estar sempre de olho neles, e mesmo assim... Muita saúde e muita alegria é o que vos desejo para este Natal.

Bjs grandes

Ângela disse...

Ai amiga que susto!!! A tua cai e o meu foge! Estes gaiatos fazem-nos envelhecer anos em poucos seguntos.

Patrícia disse...

:((

Pois a minha também já nos levou ao hospital mas porque ao dançar desiqulibrou-se e bateu com o sobrolho numa esquina...não param quietas...

Beijocas e miminhos

(parabéns pelos 18 meses!)

paula disse...

Ai até me veio as lagrimas aos olhos ...mas é verdade ás vezes precisamos assim de uns "abanões" para acordarmos não é?? e voltarmos a ter paciencia
Parabéns pelos 18 mesinhos
Jinhos
Paula

Marta disse...

Não tens ideias como te compreendo! Como compreendo e sei o que é esse choro compulsivo depois do sorriso. Que medo doentio de os perder, mesmo sem acreditar, só de pensar que pode acontecer!
beijos e parabéns dos mesinhos